Efetivação – 10 dicas para passar de estagiário para efetivado

Se você é estagiário, trainee, jovem aprendiz, provavelmente pretende garantir a sua efetivação na empresa. Ser efetivado no mercado de trabalho é a chance de conseguir uma boa vaga e oportunidade de crescimento.

Links Patrocinados

Um dos questionamentos quando o funcionário ocupa um cargo ainda não efetivado é: será que vou conseguir continuar trabalhando na empresa?

Existem características que normalmente os funcionários que passam de estagiário para efetivação possuem, confira e siga as dicas para conseguir a tão desejada vaga.

 

O que é efetivação?

Efetivação, basicamente significa, o ato de efetivar. Tornar efetivo. Num sentido amplo, você pode tornar-se efetivado em diversos contextos.

Porém, a efetivação no trabalho tem seu próprio significado.

 

Efetivação no trabalho

Nesse caso, quando acontece um processo de efetivação e por exemplo um funcionário passa do cargo de estagiário para efetivo, significa que ele trabalhará com a carteira de trabalho assinada, assumindo um novo cargo.

Para ler sobre carteira de trabalho digital clique aqui. 

A efetivação garante ao funcionário todos os benefícios, bem como direitos e deveres, definidos pela CLT que é a Consolidação das Leis de Trabalho.

No mercado de trabalho, existem diversos perfis de empregadores e empregados. Alguns, acompanham características que podem garantir a efetivação no emprego. Temos 10 dicas para você seguir e aumentar sua chance de efetivação.

 

10 dicas para conseguir uma efetivação

1. Proatividade

Uma das características que funcionários efetivados costumam possuir é a proatividade. Você já ouviu falar? Ás vezes temos essa habilidade e nem sabemos.

Proatividade resume-se em ter um comportamento que antecede a resolução de problemas, conclusão de atividades, antes mesmo de ser solicitado. Por exemplo, você sabe que precisa atender o telefone na empresa, sem ninguém lhe solicitar, você vai lá e faz. Isso é visto como proatividade.

Veja também:  11 Passos para desenvolver seu Marketing Pessoal no mercado de trabalho

A capacidade de tomar iniciativa que são positivas para o desenvolvimento das atividades diariamente e se manter motivado, dentro da empresa.

2. Autoconhecimento

Uma das chaves para o sucesso na sua vida dentro do mercado de trabalho e pessoal, com certeza é conhecer a si mesmo.

Conhecer a si mesmo traz diversos benefícios, como por exemplo, segurança das suas ações. O que claramente auxilia no seu trabalho. É um longo caminho, mas que traz bons resultados.

Saiba mais sobre autoconhecimento e como alcançá-lo

3. Pontualidade

Essa é uma das características mais importantes. Se você cumpre com os horários definidos no seu contrato, a empresa considera sua responsabilidade. Deste modo, é primordial chegar no horário, evitar atrasos nos intervalos e claro, não faltar.

 

4. Trabalho em equipe

Se você tem facilidade em trabalhar em equipe, a empresa considera isso de maneira positiva, pois significa que você possui uma boa relação com os outros funcionários.

Ou seja, em caso de efetivação, você manterá a produtividade e além disso, um bom relacionamento com os colegas de trabalho.

 

5. Networking

Antes de qualquer coisa, vale deixar claro: networking não significa envolver-se com todas as pessoas da empresa e nem “puxar saco” dos chefes ou funcionários em cargos maiores.

Networking é criar relações de forma positiva, de forma que você consiga oportunidade de negócios, de maneira mútua. É interessante adotar para sua vida profissional!

carreira e profissão efetivação corpo
foto criado por pressfoto

 

6. Trabalho voluntário

O trabalho voluntário é visto com bons olhos por toda a sociedade. Ser voluntário causa impacto inclusive no seu currículo, pois demonstra que você é uma pessoa que tem valores e experiências de vida diferentes das mais comuns.

Aprenda mais sobre trabalho voluntário e o impacto na sua carreira profissional

 

Veja também:  Programa de Estágio Duratex: Oportunidade de emprego

7. Conhecimento

Além de características pessoais, o conhecimento também se faz necessário ao buscar por uma efetivação. Portanto, o ideal é que busque uma área específica em que deseja trabalhar e comece a especializar-se.

Alguns setores por exemplo, apenas concluem a efetivação com conhecimento técnico. E claro, estudar é uma forma de alcançar seus objetivos na vida profissional. Portanto, busque conhecimento.

 

8. Curso de línguas

Cursos de idiomas são ideais para garantir algumas vagas em específico, principalmente se você está trabalhando em uma grande empresa que têm relações exteriores.

Além disso, é sinônimo de crescimento pessoal, pois assim, você poderá conhecer outros lugares e culturas.
O inglês é um dos idiomas mais falados em todo o mundo, portanto, algumas empresas colocam como requisito no mínimo inglês intermediário (está entre o básico e fluente).

Conheça 5 aplicativos gratuitos para aprendes inglês

 

9. Inteligência Emocional

A transição entre a faculdade e o mercado de trabalho, traz consigo muitas preocupações, um comportamento um pouco ansioso. O jovem sente-se encurralado entre passar do cargo atual para a efetivação e isso pode transparecer aos outros.

O ideal é manter a postura. E como você conseguirá fazer isso? Somente conhecendo a si mesmo e mantendo a inteligência emocional.

 

10. Produtividade

Ser produtivo está lado a lado com a proatividade. Porém, são palavras diferentes. Sua produtividade irá depender de diversos fatores, mas, mantenha-se dentro das expectativas da empresa.

Uma das coisas que você não deve fazer, é por exemplo, hora extra! São proibidas por lei e a empresa pode achar que você não conclui o seu trabalho dentro do prazo, portanto, fique de olho em seus horários e entrega das atividades estabelecidas.

Agora, basta você aplicar essas dicas básicas no seu dia-a-dia para que logo venha a efetivação.

Compartilhe com seus amigos, compartilhe ideias!