loader image

Engenharia Biomédica: Tudo sobre a profissão

Links Patrocinados

Está indeciso entre a área da saúde e exatas? Conheça o curso de Engenharia Biomédica.

O curso é uma união das duas áreas, onde você entenderá sobre estrutura e melhor funcionamento de equipamentos médicos e de saúde.

Vamos entender um poucos mais sobre a área?

O que faz a Engenharia Biomédica?

A Engenharia Biomédica é um curso considerado de ciências exatas e saúde.

O profissional é responsável por criar técnicas para prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças. Além de criar equipamentos e próteses adequadas para os seres humanos.

Pernas mecânicas, próteses e diversos outros equipamentos.

Eles também ficam responsáveis por analisar organismos vivos, suas propriedades e estrutura.

Qual o custo do curso de Engenharia Biomédica?

O valor dependerá da universidade escolhida, mas em uma média os valores ficam dentre R$258,30 a R$1993,60.

Chegando numa média de R$863,50.

É um curso relativamente caro comparados a muitos outros, contudo, levando em consideração os da área da saúde, não são muito caro.

Salário médio do Engenheiro Biomédico

Tudo dependerá da experiência do profissional, curso que fez e conhecimento.

Contudo, em uma média um estagiário, por exemplo, ganha dentre R$1700 a R$2500.

Chegando em cargos mais fixos esse profissional pode ganhar até R$7000.

Contudo, esse ainda não é o limite, pois o profissional poderá receber muito mais com a experiência adquirida.

CP - Engenharia Biomédica corpo
CP – Engenharia Biomédica corpo

Especialização mais comuns do curso da Engenharia Biomédica

  • Biomecânica: Biomecânica: Estuda a maneira que os seres vivos se adaptam as leis mecânicas de movimentos voluntários.
  • Biomateriais: É o estudo da substância ou mistura de substâncias naturais e artificiais no sistema biológico com o objetivo de substituir, aumentar ou tratar. Como próteses, implantes e lentes de contato.
  • Engenharia Clínica Hospitalar Avançada: Especialização para gerenciar as tecnologias de saúde e proporcionar o melhorar o cuidado de pacientes. Está ligado muito a infraestrutura dos hospitais, leitos e tudo aquilo que irá confortar o paciente.
  • Instrumentos Biomédicos: Visa o desenvolvimento de sistemas de software e hardware para contribuir com os médicos e seus diagnósticos para monitorar pacientes.
  • Biossensores: Focado em estudar sobre o reconhecimento biológico, tais como anticorpos, enzimas, proteínas, ácidos nucléicos, organelas e células. Muito comuns para aqueles que criam vacinas ou que contribuem para entender os efeitos dela no organismo.
Veja também:  Especializações de Medicina: As especializações mais comuns

Universidades conhecidas para estudar Engenharia Biomédica

Empresas de referência na área de Engenharia Biomédica

Nenhuma empresa é muito conhecida, mas qualquer uma da área da saúde, prótese e para deficientes precisa desse tipo de profissional.

Links Patrocinados

Perfeito! Agora você sabe tudo que precisa para decidir se quer fazer um curso de Engenharia Biomédica. Se ainda tiver dúvidas, não tem problema, acesse nossas matérias sobre Profissões.

Além disso, nos siga em nossas redes sociais Instagram, Facebook e no Twitter.