Escolha de banco: 8 Dicas para te ajudar

//
Propaganda

Vai começar um novo emprego, ou precisa de uma agência para o controle de suas finanças? A escolha de banco perfeito para a administração de nosso dinheiro não é fácil! Pensando iremos te ajudar a escolher o banco perfeito para você.

Há uma problema existem muitas opções, o que dificulta a escola de banco perfeito, ainda quase todos fazem quase as mesma operações e possuem taxas semelhantes. Contudo, alguns possuem algumas vantagens que podem ser melhores para você. Assim, tenha em mente que será necessário estudar antes de fazer a sua escolha de banco.

Desta maneira ficará muito mais fácil alinhar qual empresa atende melhor as suas expectativas.

Enfim, os fatores que deverão ser analisado são:

 

Como fazer a minha escolha de banco?

Para fazer a escolha de banco será necessário que você avalie as suas necessidades e tudo o que pode tornar seu dia a dia mais prático, sendo assim:

 

1 – Opções no mercado

Primeiramente você deverá fazer uma lista de todos os bancos que você conhece e possui interesse. Neste critério provavelmente terá os mais famosos como: Bradesco, Itaú, Santander, Banco do Brasil, Caixa, Nubank e etc.

Já que você não os conhece muito bem, aconselhamos fazer a escolha de banco em um dos populares e mais confiáveis. Contudo também existem agora os bancos digitais que poderão ser perfeito dependendo do seu interesse, como o Nubank.

Esse ponto será o mais importante, portanto analise a distância das agências mais próximas de cada banco, ou se a mesma será apenas digital. A critica que cada um possuí no Reclameaqui e como a mesma está no ranking de reclamações do Banco Central.

 

2 – Veja as tarifas, taxas de juros e valores cobrados pelo banco

Agora que você já tem em mente quais bancos possui interesse, chegou a hora de analisar o custo que o mesmo trará. Assim, analise se o banco cobra taxas, impostos, juros e etc. Isso pode ser besteira, contudo, mais a frente, pode lhe trazer uma dor de cabeça.

Veja também:  Administração: 10 áreas mais promissoras

Dê preferência em analisar as operações que você irá mais utilizar, como transações, solicitações de crédito e afins. Desta maneira você conseguirá um filtro e saberá qual será o melhor para você financeiramente.

Lembre-se que todo banco cobrar tarifas, taxas, juros dependendo da operação escolhida. Desta forma, você deverá comparar os valores de todas categorias.

Esses dados só serão 100% confirmados pelo própria empresa, portanto pergunte o quanto é cobrado por:

  • Transações,
  • cheque especial,
  • taxas de juros 
  • crédito especial.

 

3 – Analise o atendimento

Será importante que você pesquise antes de fazer sua escolha de banco, como se fosse criar uma conta. Desta maneira, você deverá informar sobre seu interesse e como a empresa irá te ajudar.

Faça pesquisas pertinentes de acordo com o que sugerimos em nosso artigo. Desta maneira, além de saber mais sobre o banco, você poderá avaliar o atendimento do mesmo. Assim você poderá optar também pelo o atendimento, que é muito importante para esse ramo.

Lembre-se que qualquer problema com sua conta, será necessário entrar em contato, e se o mesmo tiver péssimo atendimento, você terá dor de cabeça.

carreira e profissao escolha de banco corpo
photo created by freepik

 

4 – Saiba escolher a melhor agência

Todos os bancos possuem diversas agências espalhadas pelo mundo, assim cada uma possui certos funcionários e assim funcionamento. Desta maneira, você também deverá escolher uma agência na qual o atendimento melhor lhe agrade.

Além disso, é importante que você escolha um agência que seja próxima da sua residência ou trabalho. Desta forma ficará mais fácil para você quando precisar ir até a unidade.

 

5 – Quem tem mais vantagens?

Cada um possui regalias que poderá oferecer ao seu cliente, e isso será um dos pontos mais importantes antes da escolha de banco, pois em alguns casos eles oferecem um limite de crédito maior, menores taxas de juros ou até isenção de taxas.

Veja também:  Diversidade no Trabalho: A inclusão social no trabalho

Tem instituições que até adiantam o seu benefício, como décimo terceiro ou FGTS. Nesses casos você deverá analisar qual irá te beneficiar mais.

Além disso, alguns banco digitais, como por exemplo Nubank, proporciona ganho em dinheiro a todos seus usuários. Esta prática funciona como um investimento, onde o usuário sempre ganhar por utilizar o serviço.

 

6 – Escolha a melhor opção para investir

Se você pretende investir o seu dinheiro a sua escolha de banco deverá ser muito mais aprofundada. Portanto, analise quanto você ganha por investimento, por quantidade e o prazo.

É importante que você analise se ele possuí um programa especializado para esta operação. Neste caso ficará bem mais fácil para você investir o seu dinheiro.

 

7 – Veja as operações online

Com o avanço da tecnologia os bancos tiveram que se inserir no mundo virtual. Desta maneira o usuário poderá realizar diversas operações em alguns cliques.

Esta prática ganha muito tempo, onde não é necessário pegar filas enormes e ir até a agência. Assim analise se as operações online são pagas, quanto é cobrado e o que pode ser feito virtualmente.

Desta maneira você também poderá pontuar a praticidade que o a empresa disponibiliza.

 

8 – Se insatisfeito, mude

Se mesmo após estudar, e a sua escolha de banco lhe desagradar, mude-o. Errar é normal, e não temos certeza de como o atendimento funciona até virarmos cliente.

Desta maneira jamais sinta-se prezo a um instituição bancária. Aquele costume das pessoas mais velhas de “Eu tenho esta conta há anos, não irei trocar”, não existe mais. Hoje em dia você pode transferir sua pontuação ao mudar de banco

Assim você deverá escolher qual atenda as suas expectativas, se não você procurará outro. Lembre-se que você deve se priorizar e os bancos sempre vão tentar conseguir novos clientes.

Agora é só fazer a sua escolha de banco consciente.