Resolução de Conflitos: 6 Dicas para você resolver

//

Está tendo problemas com um colega de trabalho e não sabe o que fazer? Calma iremos de ensinar a resolução de conflitos!

Problemas com pessoas irá sempre acontecer, independente do local! Portanto saber aplicar a resolução de conflitos pode ser uma ferramenta importante para o mercado profissional. Portanto criamos este artigo para que você saiba o que fazer.

Contudo existem diversas técnicas que deverão ser usadas, para que você não se prejudique, sendo elas:

 

O que é uma resolução de conflitos?

A resolução de conflitos ou de conflitos é uma técnica para resolver qualquer tipo de problema de interação com outros funcionários ou colegas de trabalho. Sendo assim a técnica tem como foco resolver o problema com o mínimo de dano possível, assim de forma madura, profissional e calma.

Deste modo o problema irá deixar de existir e sem parecer que você está errado ou desiquilibrado por isso.

 

Resolução de conflitos no mercado de trabalho

Lembre-se que independente do que está ocorrendo você deverá analisar a situação e descobrir a melhor maneira de resolução. Portanto caso tenha duvidas, pergunte a um colega antes de agir.

Em alguns casos podemos achar que estamos em uma situação complicada, contudo podemos resolver facilmente com conversa ou algo mais simples. Contudo as vezes pode ser algo muito pior que não damos a mínima, e depois acabamos por nos prejudicar, portanto fique atento as dicas:

 

1. Tenha calma

A primeira coisa que você deverá fazer é respirar fundo e se acalmar! Esse problema pode te deixar com a cabeça quente e fazer você não pensar claramente. Assim respire, e se isole do local por alguns minutos, ou então chame de canto um amigo e desabafe sobre o ocorrido.

Isso fará com que sua cabeça esfrie e assim você poderá pensar melhor a respeito. Desta maneira você perceberá que encontrará uma resolução de conflitos muito mais viável e saudável.

Veja também:  Férias de trabalho remunerada: Entenda seu direito

 

2. Converse com o agressor

Se há algum conflito entre você e outro funcionário da empresa, o ideal é que você converse com ela a respeito disso. Portanto chegue até ela com intenções boas e explique a situação na qual vocês se encontram.

Esta prática poderá cortar o mal pela raiz, além de você poder fazer um novo colega. Tente fazer de tudo para encontrar coisas em comum e fazer um contato saudável. Explique sua situação e como você se sente, e pergunte se ele percebe este problema.

Contudo, se não funcionar a resolução de conflitos será necessário que você tome outras providências.

 

3. Afaste-se

Caso conversar não dê certo, em alguns casos se afastar da pessoa poderá resolver o conflito permanentemente. Para isso você deverá evitar frequentar lugares onde o agressor está, ou ter muito contato com pessoas na qual ele conversa.

Desta maneira você evitará o clima caótico e poderá seguir sua vida normalmente.

carreira e profissao resolucao de conflitos corpo

 

4. Fale com um superior

Caso você já tenha feito tudo isso, chegou a hora de falar com um superior. Desta maneira o superior deverá tomar alguma providência para a resolução de conflitos.

Contudo você deve tomar muito cuidado, analise muito bem a situação antes desta atitude, pois ela poderá acarretar em atiçar mais o agressor ou em prejudica-lo. Dependendo do resultado você poderá ter mais problemas.

Contudo se possível faça esta etapa e termine com o problema.

 

5. Fale com o RH da empresa

Caso o agressor continue a te prejudicar, será necessário denuncia-lo no recursos humanos da empresa. Assim converse com um funcionário desta área e explique a situação ao mesmo. Desta forma o RH tomará providências com uma resolução de conflitos.

Desta maneira o agressor poderá tomar punições mais severas e você poderá se livrar desta dor de cabeça.

 

6. Denuncie para a policia

Dependendo dos casos, denunciar para a polícia pode ser uma opção viável. Contudo, para que você chegue a esse pontos, serão necessários alguns extremos, sendo eles:

  • Caso você seja ameaçado oralmente.
  • Caso você seja ameaçado fisicamente.
  • Caso você seja agredido fisicamente.
  • Caso você seja agredido sexualmente.
  • Caso você seja abusado sexualmente.
  • Caso você seja humilhado/linchado.
  • Caso você tenha suas informações pessoais divulgadas na empresa e prejudiquem sua imagem.
  • Difamação de imagem.
  • Crimes de todos os níveis.
Veja também:  Redes Sociais e o mercado de trabalho - Qual sua importância?

Enfim, todas os problemas que envolvam crimes poderão ser denunciados diretamente na delegacia. Para isso será necessário fazer um Boletim de Ocorrência, e você ainda deverá avisar a empresa sobre o ocorrido.

 

Como saber se devo denunciar uma agressão?

Primeiramente, para você identificar uma relação abusiva no trabalho será necessário separar problemas intencionais ou não. Em outras palavras, você deverá analisar se o agressor tem noção do que está fazendo.

Em muitos casos os agressores nem sabem que estão fazendo isso, portanto é comum que até mesmo nós sejamos agressivos com algumas pessoas. Assim devemos analisar a intenção da pessoa, para perceber se ela fez aquilo na inocência ou na maldade.

Desta forma, você poderá saber a gravidade do problema e determinará qual a melhor forma de aplicar uma resolução de conflitos.

 

Como saber se estão me agredindo ou se estou sensível?

Como dito a cima, você deverá notar a intenção da pessoa e se a mesma teve intenção disso. Além disso, você deverá analisar se o comportamento negativo foi realmente direcionado a você.

Desta maneira você poderá perceber se você é sensível ou se você está sendo agredido verbalmente. Além disso lembre-se que você que estipula os limites de intimidade que alguém pode ter com você.

Assim você deverá sempre deixar claro o que você permite ou não que os outros podem te tratar. Desta forma se algo sair da linha, ou alguém ser deselegante com você, você terá direito de tomar providências.

Além disso, sempre tenha alguém com que pode conversar sobre essas coisas, assim tendo uma segunda visão que poderá esclarecer muito mais coisas.

Seguindo essas dicas você poderá aplicar uma resolução de conflitos com muito mais facilidade e exatidão, correndo menos riscos de se expor desnecessariamente.

Deixe um comentário